Buscar
  • Fischer Comunicação

Maniacs Brewing Co. inicia ecommerce para todo o Brasil


Plataforma da cervejaria paranaense inclui cervejas das marcas Maniacs, Brooklyn e Morada


Mesmo antes da pandemia, a Maniacs Brewing Co. já direcionava seu olhar para o futuro: ter o seu próprio ecommerce era uma meta da marca, especializada em cervejas artesanais e responsável pela produção da Brooklyn Brewery no Brasil. A partir desta semana, a ideia é colocada em execução, com um site que oferece cervejas, acessórios e materiais de merchandising das marcas, além dos produtos da parceira Morada Cia Etílica. O site pode ser acessado no endereço www.maniacs.com.br


Iron Mendes, CEO da Maniacs Brewing, comenta:


“Já estava no nosso planejamento atender uma demanda crescente de clientes que estão cada vez mais buscando alternativas para comprar onlineA pandemia aumentou essa necessidade e foi um acelerador de futuro. Em 45 dias desenvolvemos mais esse canal de vendas e relacionamento com os consumidores. É mais um ponto de venda, que complementa o trabalho que já fazemos com outros parceiros que comercializam a Maniacs, Brooklyn e Morada.”


O site funciona com sistema de compra intuitivo, detalhes sobre as cervejas, informações das marcas e cultura cervejeira - a Maniacs participou do projeto para publicar o Guia Oxford da Cerveja no Brasil.


As previsões da marca eram ousadas para 2020, com planejamento de ampliar em 84% o crescimento do ano passado, baseado muito no aumento do número de pontos de venda atendidos de mil para 2 mil. Agora, dentro de um novo cenário, a expectativa é que, em médio prazo, o ecommerce responda por 10% do crescimento da cervejaria, impulsionado pelas mudanças de comportamento de consumo.


“Esse novo canal de vendas, além de aproximar os clientes da marca, visa atingir regiões ainda não totalmente exploradas pela cervejaria. Agora nossos clientes realmente podem ter cerveja boa todo dia, em todo o Brasil” complementa Iron.


O ecommerce foi concebido como uma plataforma para lançamento de produtos inovadores. Cervejas em edições limitadas, kits temáticos e produtos não pasteurizados se juntarão ao portfólio tradicional das marcas nos próximos meses.


“Há estilos e formas de oferecer novas experiencias cervejeiras aos clientes que não se encaixam exatamente nos canais de distribuição já estabelecidos. O ecommerce vem ao encontro dessa necessidade por inovar sempre. Nossos cervejeiros e equipe de marketing estão trabalhando em várias frentes de desenvolvimento”, reforça CEO.


Apesar do atual cenário, a cerveja artesanal no Brasil está em uma trajetória de ascensão, reforçada nos últimos anos. Em 2017, eram 670 cervejarias, 880 em 2018 e 1200 em 2019. O mercado praticamente dobrou em dois a três anos.


“Os consumidores já entendem sobre a categoria de cervejas artesanais e é gratificante ver consumidores discutindo sobre estilos como IPA por exemplo”, destaca Iron.


Fonte: Revistabeerart.com

18 visualizações

RECEBA NOSSA

NEWSLETTER

REALIZAÇÃO

PROMOÇÃO

ORGANIZAÇÃO

APOIO

MÍDIA

Vendas e informações

11 2730 0522

  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza

Quero expor