Buscar
  • ForBeer

Forte, escura e com lactose, a cerveja da Bodebrown para o inverno

Mama Milk Imperial Milk Stout recebe com novo rótulo, inspirado em obra do artista Mike Davis



Este 21 de junho trouxe o solstício de inverno, fenômeno astronômico que marca a chegada da estação mais fria do ano. A cervejaria Bodebrown aproveita a data para lançar sua mais nova criação, uma opção na medida para aproveitar nos meses de frio: a Mama Milk. É uma cerveja forte escura, com receita tradicional inglesa que leva adição de lactose, e 11,5% de teor alcoólico. Ela já pode ser encontrada na loja virtual da Bodebrown, com envio para todo o país.


Inicialmente produzida no ano de 2010, com nome oficial de Venenosa Imperial Milk Stout, foi a primeira cerveja Milk Stout, ou Imperial Stout com lactose, produzida no Brasil. Agora, para comemorar os 11 anos, renasce rebatizada como Mama Milk Imperial Milk Stout. Recebe também uma nova roupagem, com novo rótulo, desta vez inspirado em obra do artista Mike Davis.


Trata-se de uma pintura surrealista de 2014, “The Squeaky Wheel”, que em sua tradução mais próxima seria algo como “roda que não range, ou que não recebe graxa”. Aqui no Brasil, uma expressão equivalente seria: “quem não chora não Mama”.


Sua coloração é preta e o amargor é médio para alto (70 IBUs). Os aromas revelam notas de tostados, com destaque para café e cacau. No paladar, traz sabores que remetem a pães com tosta alta, café, cacau e chocolate meio amargo, combinados com notas sutis e adocicadas, provenientes de pequenas adições de lactose. A harmonização ideal se dá com carnes de sabor intenso, fondue, trufas de chocolate, torta de maçã e tiramisù, além de queijos.


Fonte: Revista Beer Art

4 visualizações0 comentário