Buscar
  • ForBeer

Abracerva traça o perfil dos Sommeliers de Cerveja

Pesquisa levantou informações sobre demografia, formação e atuação, entre outros temas A Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) realizou seu primeiro grande levantamento sobre a atividade profissional dos Sommeliers de Cerveja do país. Mais de 1,2 mil profissionais certificados responderam a uma pesquisa proposta pelo Núcleo de Sommeliers da entidade, liderado pela sommelière Priscilla Colares.


De acordo com ela, o objetivo da pesquisa foi cumprido: conhecer mais sobre quem atua neste segmento para, a partir daí, entender quais são as demandas:

“Muitos dos dados confirmam tendências que vemos no mercado. Uma informação que chama muito a atenção é o crescimento da atividade, com mais de 50% dos respondentes tendo se formado entre 2018 e 2020. A expansão do próprio mercado, que começa a ser visto de uma forma mais profissional, explica esse número.”

Outros dados levantados pela pesquisa mostram que:

· Os estados com maior número de Sommeliers de Cerveja estão no Sul e no Sudeste – a soma dos sete estados dessas regiões resulta em 84,8% dos profissionais brasileiros. São Paulo lidera o ranking, com 33,4%.

· Homens são a maioria, com 71% dos respondentes. Em relação à raça, 76,5% se declaram brancos. A faixa de idade que representa 49,6% dos profissionais do setor é de 30 a 39 anos.

· Quase 80% dos Sommeliers de Cerveja no Brasil têm formação universitária. Destes, aproximadamente 40% possuem pós-graduações ou mestrado.

· O conhecimento do mercado cervejeiro também chama a atenção. 80% dos sommeliers formados fizeram outros cursos na área. Os dois principais são sobre produção de cerveja caseira e análise sensorial.

· Entre os entrevistados, dois terços não têm a sommelieria como profissão: atuam em outra área como atividade principal. Entre os associados da Abracerva, 50% já se dedicam exclusivamente à sommelieria.

Fonte: Notícias RSS / Revistabeerart.com

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo